Brasil é campeão da Copa UANA de polo aquático masculina

País derrotou os Estados Unidos nos pênaltis neste sábado (26)

Após a classificação para o Mundial de Desportes Aquáticos de 2019, o Brasil foi campeão da Copa UANA (Union Americana de Natacion), na tarde deste sábado (26), em um jogo muito disputado desde o primeiro quarto.

A final, contra os Estados Unidos, foi vencida pelos brasileiros nos pênaltis por 12 a 10, que contaram com a torcida a favor. No tempo normal, o placar ficou 9 a 9. Realizado deste terça-feira (22) no SESI SP, na Vila Leopoldina, o torneio reuniu quatro países: Argentina, Brasil, Canadá e Estados Unidos em busca de duas vagas para o Mundial.

Gustavo “Grummy” Guimarães, atacante do Brasil foi pela segunda vez o melhor jogador da competição (MVP), a primeira foi em 2017, quando o Brasil também foi campeão. O jogador fez dois gols na partida e somou 15 na competição, contando com o gol de pênalti na final.

“Com pouco tempo de descanso, por causa da semifinal, foi difícil mas deu certo na cobrança de pênaltis. O fator torcida fez a diferença na disputa, jogar ao lado dos amigos e da família foi demais. É a segunda vez que o Brasil foi campeão da Copa Uana e eu fui o MVP por duas vezes. É um orgulho enorme, mas esse prêmio é de todos!”, disse o jogador, número 11 da Seleção.

A Seleção Brasileira conquistou a vaga para o Mundial de Gwangju na Coreia do Sul, em julho, depois de vencer o Canadá na semifinal por 15 a 5. O jogo foi realizado neste sábado (26) pela manhã, após o adiamento da partida devido ao mau tempo em São Paulo.

“Vencemos uma das grandes equipes do mundo. Depois de um início ruim, a defesa funcionou, as jogadas de homem a mais também! Deu certo nos pênaltis e agora vamos para o Mundial e para o Pan de Lima em busca de voos maiores, como a vaga olímpica” , finalizou Grummy.

Na primeira fase o Brasil perdeu para o Canadá por 15 a 12 e para os Estados Unidos por 15 a 4, além de vencer com facilidade a Argentina por 13 a 3.

Por outro lado, os americanos venceram a Argentina na semifinal por 21 a 2 e na primeira fase por 22 a 7. A Seleção Americana derrotou também o Brasil (15 a 4) e o Canadá por 18 a 9.

O Canadá ficou com a terceira colocação, derrotando a Argentina na disputa pelo terceiro lugar por 10 a 6.

André Avallone, técnico da Seleção, fez um balanço sobre o torneio e a conquista da vaga para o Mundial.

“Entramos para a história ao vencer Canadá e Estados Unidos no mesmo dia. Nosso time precisava de ritmo de jogo, algo que os adversários tinham. Ganhamos na raça e no físico. Agora para o Mundial e Pan precisamos jogar mais, ver mais escolas de polo aquático. O grande foco é o Pan, pois vale vaga Tóquio 2020. Vamos usar o Mundial para dar rodagem ao grupo”, comentou Avallone.

——

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Katarine Monteiro
katarine@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
+55 11 99217-6474
www.onboardsports.net

LEAVE REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *